Releases - E5+ Comunicação | E5+

Blog

Especialistas da Unilaser acompanham rotina do Hospital Escola de Oftalmologia da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos

Os médicos e sócios da Unilaser Unidade Oftalmológica, Celso Afonso Gonçalves e Marcos Alonso Garcia, viajaram no final de abril para Boston, estado de Massachusetts, nos Estados Unidos, para terem contato com o que há de mais atual em oftalmologia.

A convite do médico americano Roberto Pineda, por quase duas semanas eles acompanharam a rotina do Massachusetts Eye and Ear Infirmary, Hospital Escola de Oftalmologia da Universidade de Harvard, considerada a melhor do mundo, de acordo com o ranking de 2014. Na entrevista a seguir, o Dr. Celso Afonso Gonçalves e Marcos Alonso Garcia explicam sobre a vivência no mais tradicional serviço de oftalmologia das Américas e falam sobre a participação no congresso organizado pela Associação Americana de Catarata e Cirurgia Refrativa (ASCRS).

Como foi vivenciar a rotina do Hospital Escola da melhor universidade do mundo?

Dr. Celso – Certamente essa experiência foi o ponto mais importante da nossa ida aos Estados Unidos. Todos os dias, das 7 às 20 horas, acompanhávamos toda a rotina do centro cirúrgico, ambulatório, exames, procedimentos a laser e discussão de casos.

Dr. Marcos – Foi uma experiência única. Uma experiência tripla. Os melhores cirurgiões do mundo frequentam esse congresso. Estivemos em várias outras edições, porque realmente é muito bom. E Boston é o berço da oftalmologia dos Estados Unidos. Chegamos uma semana antes para acompanhar serviços no Massachusetts Eye and Ear Infirmary, oftalmologia coligada à Universidade de Harvard, que também foi a primeira instituição norte-americana que praticamente inventou a especialidade de córnea. Além disso, fomos recebidos por um dos maiores especialistas no mundo, o Dr. Roberto Pineda, que já veio ao Brasil diversas vezes, inclusive a Santos. Criamos um laço de amizade. Poder acompanhar o trabalho desse profissional de perto talvez tinha sido ainda mais bacana que o próprio congresso.
Existem muitas diferenças entre a tecnologia utilizada nos Estados Unidos e a que existe no Brasil?
Dr. Celso – Não existem não. As máquinas que usamos na Unilaser para operar catarata, fazer cirurgia de descolamento de retina e o microscópio são os mesmos que eles usam. Dentro da sala cirúrgica do hospital eu me senti em casa, porque tudo o que eles falavam sobre os procedimentos e sobre as máquinas a gente já conhecia. Isso mostra que temos como compartilhar experiências com eles no mesmo nível. Essa oportunidade me deixou extremamente feliz e orgulhoso do trabalho feito na Unilaser.

Dr. Marcos – O Brasil tem tecnologia de ponta. A diferença é que não temos em abundância. Existem centros de referências. Aqui na Baixada Santista estamos muito bem atualizados. Estamos bastante tranquilos que a medicina está sendo feita no mesmo nível por aqui. Estamos exercendo a medicina como qualquer capital de ponto no mundo.

E como foi o Congresso Americano de Catarata e Cirurgia Refrativa?
Dr. Celso – Essa foi a décima vez que participamos e cada ano existem novidades tecnológicas. Cerca de 12 mil colegas de todas as partes do mundo participam desse encontro. Nessas oportunidades, vejo que o Brasil possui uma oftalmologia de ponta e que estamos acompanhando muito bem a evolução na área.

Dr. Marcos – A cirurgia refrativa chegou em um nível excelente. O laser vai avançar muito nos próximos anos, com um método um pouco mais moderno. Mas o que fazemos hoje tem o mesmo nível de excelência que eles fazem por lá. Acompanhamos também os transplantes de córnea, que foi muito interessante. Eles têm uma lei federal que ajudou a desburocratizar os bancos de olhos nos Estados Unidos e um orçamento público-privado que acelerou a modernização dessas instituições.

Como foi abordada a questão da cirurgia de catarata a laser?
Dr. Celso – No Hospital Escola de Harvard eles não possuem a máquina que realiza essa cirurgia, chamada femtosegundo, e nem pretendem ter, pois acreditam se tratar de uma tecnologia em evolução. Assim como nós da Unilaser, também acham que a facoemulsificação ainda é a melhor opção para cirurgia de catarata. No congresso, esse assunto também foi muito debatido. Em Medicina, primeiro se faz uma série de experimentos e publicações científicas. só depois de se mostrar extremamente seguro é que um novo procedimento é oferecido à população. Até agora ninguém entendeu porque dessa vez ocorreu o contrário: sendo primeiramente lançada no mercado a cirurgia a laser para depois discutir seus riscos e benefícios.
E já se tem alguma percepção desse novo procedimento?
Dr. Celso – Sim, e não foram as melhores. Já surgiram muitos artigos científicos mostrando mais malefícios do que benefícios. Uma cirurgia de catarata feita com a facoemulsificação,que durava em média 7 minutos, passou a durar 25 minuto com o laser femtosegundo, e apresentou resultados inferiores. Não se pode começar a pesquisa pelo final. Eu sou a favor da tecnologia, desde que sua haja comprovação científica de que aquilo é tão bom quanto ou melhor. Não se pode acreditar cegamente em tudo que a indústria impõe. Isso é um risco.

Dr. Marcos – Nós trabalhamos incansavelmente. Chegamos sempre cedo aqui na Unilaser e vamos embora de noite. Apertamos os horários aqui para poder fazer essa viagem tão importante para Boston. Então, estamos muito contentes com o nosso trabalho aqui no Brasil. O caminho é esse. Quem não se dedica hoje, em um mundo tão globalizado, fica pra trás. Voltamos com vontade de trabalhar ainda mais. O congresso recarrega as baterias.

Créditos: Divulgação
Foto 1: Dr. Celso Afonso Gonçalves, Dr. Marcos Alonso Garcia e ao centro, Dr. Roberto Pineda
Foto 2: Médicos no Centro Cirúrgico

Clínica Oftalmológica Unilaser
Endereço: Av. Ana Costa, 222, cj.42 e 57, Campo Grande, Santos – SP
Telefone para contato: (13) 3235-6823
Site: www.unilaseroftalmo.com
Facebook: www.facebook.com/UnilaserOftalmo

A Clínica Unilaser pratica oftalmologia de excelência com reconhecimento nacional e internacional, sendo respeitada pela qualidade de atendimento, tratamento e pesquisa científica

Top

Deixe um Comentário

Required fields are marked *.

*


Top

Fale Conosco (13) 3301-0630

Temos sempre a melhor solução para o seu negócio

Assine nossa Newsletter